VFR vs IFR Explained: Differences Between The Flight Rules

Se você já teve curiosidade sobre os termos de aviação usados ​​na escola de aviação, a influência da Administração Federal de Aviação (FAA) e a intrigante dança entre VFR e IFR, você encontrou o guia certo.

Pense no VFR como sua passagem para os céus naqueles dias claros e perfeitos, mas se você quiser se tornar um piloto IFR, estará mergulhando no mundo do espaço aéreo controlado e navegando pelas nuances imprevisíveis das condições climáticas.

Pegue seu caderno e vamos abordar juntos o debate VFR vs. IFR.

Vamos começar com o básico!

O que é VFR? VFR significa Visual Flight Rules - Pilot Mall

O que é VFR?

VFR significa "Visual Flight Rules" e refere-se a um tipo de voo que envolve o uso de referências visuais fora da janela da cabine para auxílios à navegação de voo. O vôo VFR não elimina a necessidade de instrumentos, visto que eles são necessários para leituras de rumo, velocidade no ar e altitude. Ele também permite que os pilotos VFR vejam visualmente a pista enquanto estão no padrão de tráfego do aeroporto.

Os pilotos de Regras de Voo Visual (VFR) devem permanecer vigilantes contra a possibilidade de colisões aéreas. Eles têm a responsabilidade pessoal de examinar os céus com frequência ao atravessar um espaço aéreo movimentado e de estar sempre atentos a outros tráfegos aéreos.

Os alunos pilotos que iniciam seu treinamento de voo serão ensinados a voar sob regras visuais para trabalhar na obtenção de sua licença de piloto particular.

Os prós de voar VFR

Voar VFR, ou “Regras Visuais de Voo”, oferece uma incrível sensação de liberdade e aventura que muitos pilotos passaram a valorizar. Aqui estão alguns dos prós a serem considerados:

  • A vista: Com o VFR, você aproveita as incríveis paisagens abaixo e aprecia o calor da luz do sol em seu rosto.

  • Treinamento mais fácil: Há uma conexão genuína com o mundo ao seu redor conforme você navega por pontos de referência visuais, sem mencionar que é mais fácil treinar os alunos como realizar voos VFR seguros.

  • Voo Agradável: VFR envolve uma experiência mais agradável, perfeita para apreciar a beleza do voo sem as restrições de procedimentos instrumentais complexos. A razão pela qual a maioria dos novos pilotos privados desejam voar VFR vem da simplicidade e da capacidade de saborear o puro prazer do voo.

  • Liberdade para voar: Contanto que você não esteja voando perto ou ao redor de um espaço aéreo movimentado ou de um aeroporto movimentado, você pode decolar e voar sem a necessidade de contato com o ATC (dependendo do espaço aéreo).

As desvantagens de voar VFR

Existem desvantagens para as quais um piloto operando sob regras de voo visual precisará estar preparado.

  • Falta de flexibilidade: Um dos grandes contratempos do voo VFR é a falta de flexibilidade, muitas vezes significando mais tempo gasto no solo esperando pelas condições climáticas perfeitas.

  • Mudanças climáticas no IMC inesperadamente: As restrições do piloto VFR são impostas à capacidade de manter o vôo visual. Se as condições meteorológicas mudarem para IMC (Condições Meteorológicas por Instrumentos), como operar em nuvens ou baixa visibilidade, então o piloto precisaria estar em uma aeronave IFR e ser um piloto IFR.

  • Fique atento a outras aeronaves: se você não estiver acompanhando o voo com o ATC, será responsabilidade exclusiva do piloto monitorar para evitar o tráfego.

O que é IFR? Voar IFR é voar apenas com base em instrumentos

O que é IFR?

IFR significa Regras de Voo por Instrumentos e é um termo da aviação que representa um modo de voo onde os pilotos dependem exclusivamente de seus instrumentos de bordo para navegação e manobras. Quando você embarca em um voo IFR, regras e regulamentos meticulosos estabelecidos pela FAA regem sua viagem.

Estas diretrizes existem para proteger todos os pilotos IFR e seus passageiros enquanto navegam através da cobertura de nuvens e neblina de alta altitude, onde as pistas visuais não são confiáveis.

É um sistema organizado entre o piloto e o controle de tráfego aéreo, com autorização IFR e um plano de voo IFR cuidadosamente preparado, garantindo uma passagem segura e controlada pelos céus.

O que é IFR? Requisitos de classificação de instrumentos - Pilot Mall

Treinamento IFR necessário

Para se qualificar para voar em IFR, um piloto precisará ser devidamente treinado e qualificado. As qualificações IFR devem incluir:

  • Já obteve um certificado de piloto privado

  • Ler, falar, escrever e compreender a língua inglesa.

  • Conclua e registre o treinamento básico com um instrutor autorizado ou conclua um curso de estudo em casa na escola básica.

  • Recebeu um endosso de diário de bordo de um instrutor autorizado (IGI ou CFII) mostrando que você está preparado para fazer o teste de conhecimento

  • Registrado o treinamento necessário em uma aeronave, simulador de voo completo ou dispositivo de treinamento de voo, incluindo:

  • 50 horas de voo cross-country como Piloto em Comando (PIC)

  • 40 horas de tempo de instrumento real ou simulado, incluindo 15 horas de um instrutor autorizado

  • 3 horas de treinamento de instrumentos dentro de dois meses corridos antes da viagem de verificação

  • Um voo cross country de 250 NM, que inclui uma aproximação por instrumentos em cada aeroporto e três tipos diferentes de aproximação (IE, ILS, RNAV, VOR)

  • Um endosso do diário de bordo de um instrutor autorizado certificando que você está pronto para fazer o teste prático exigido

  • Passe no teste de conhecimento

  • Passe no teste prático

Os prós de voar IFR

Ter uma classificação de Regras de Voo por Instrumentos (IFR) abre muitas possibilidades para um piloto. Ao voar IFR, os pilotos equipados com qualificação por instrumentos podem navegar com certeza através de uma variedade de condições climáticas que, de outra forma, poderiam impedir voos VFR.

Com a capacidade de evitar neblina, chuva ou baixa visibilidade, as condições IFR oferecem uma sensação de segurança e permitem que os voos sigam sua rota de voo predeterminada. Os pilotos em voos IFR comunicam-se estreitamente com os controladores de tráfego aéreo, criando uma colaboração que garante uma navegação segura e evita o tráfego IFR.

As regras de voo por instrumentos fornecem uma estrutura estruturada para lidar com diversos cenários climáticos, tornando-as um conjunto de habilidades inestimável para pilotos que buscam aprimorar suas capacidades e ampliar seus horizontes na aviação.

Voar VFR? ou voar IFR?

O que é melhor, IFR ou VFR?

Tem havido um longo debate sobre se VFR ou IFR é melhor, mas isso geralmente se resume aos seus objetivos de voo e preferências pessoais. Tanto VFR quanto IFR têm atitudes únicas, as regras de voo visual permitem voos panorâmicos e ensolarados onde o piloto VFR e os passageiros podem apreciar a beleza do que podem ver abaixo e ao seu redor. Por outro lado, IFR, ou regras de voo por instrumentos, equipam o piloto com as ferramentas para superar condições climáticas desafiadoras e voar com mais eficiência.

Muitos pilotos optam por misturar ambos, usando VFR quando o céu está limpo e apresentando um plano de voo IFR quando a Mãe Natureza lança uma bola curva. É tudo uma questão de encontrar um equilíbrio que atenda às suas necessidades de voo.

Mínimos VFR (clima)

Para voar em VFR, o piloto deverá respeitar os mínimos e permanecer dentro das condições meteorológicas visuais, caso contrário, deverá apresentar-se em IFR se desejar voar.

ALTITUDE ESPAÇO AÉREO VISIBILIDADE LIBERAÇÃO DE NUVEM
10.000 MSL E 5 milhas estatutárias
  • 1.000 abaixo,
  • 1.000 acima
  • 1 metro horizontal
Abaixo de 10.000 MSL

C

D

E

B

3 milhas estatutárias
  • 500 abaixo
  • 1.000 acima
  • 2.000 horizontais

(B) Sem nuvens

1.200 AGL ou superior

G (Noite)

G (dia)

3 milhas terrestres (noite)

1 milha estatutária (dia)

  • 500 abaixo
  • 1.000 acima
  • 2.000 horizontais
Abaixo de 1.200 AGL

G (Noite)

G (dia)

3 milhas terrestres (noite)

1 milha estatutária (dia)

  • 500 abaixo
  • 1.000 acima
  • 2.000 horizontais

(Dia) Sem Nuvens

A FAA disponibilizou o §91.55 Mínimos VFR Básicos que você pode revisar para obter mais informações.

VFR marginal

Marginal VFR (MVFR), é um termo usado para descrever condições que estão prestes a serem adequadas para o voo VFR, mas ainda estão aquém das condições ideais. Isso implica que a visibilidade e a cobertura de nuvens podem não tornar o voo uma decisão sábia (especialmente se não atender aos mínimos VFR na área de voo circundante). Os pilotos que operam em MVFR precisarão ser cautelosos, confiar mais em seus instrumentos e estar preparados para mudanças climáticas.

Os desafios do IFR

O voo IFR pode ser uma experiência inesquecível, mas tem seus desafios.

  • Comunicações rápidas de rádio: Quando você atravessa um espaço aéreo controlado e condições climáticas variáveis, é necessária coordenação com o controle de tráfego aéreo. Obter uma autorização IFR significa que você precisará usar o CRAFT e ficar atento para obter mais orientações do seu controlador de tráfego aéreo.

  • Perdido para lembrar e gerenciar: Uma classificação IFR requer treinamento exigente, há muito para lembrar e microgerenciar, e as condições meteorológicas dos instrumentos podem dificultar o processo de treinamento para pilotos novos.

  • Tráfego IFR: O ATC fornecerá vetores para ajudá-lo a evitar o tráfego. Pode ser mais importante manter uma cabine silenciosa para que você possa responder rapidamente.

Os pilotos IFR dirão que, apesar dos desafios, vale a pena. Há uma grande sensação de realização e segurança ao dominar as complexidades do voo IFR, e aqueles momentos em que você consegue romper as nuvens fazem tudo valer a pena.

Aeroporto nublado com taxiamento de aeronave comercial - Pilot Mall Por que os pilotos preferem o IFR?

Os pilotos, sejam eles profissionais experientes de companhias aéreas ou pilotos privados, podem precisar voar em IFR por vários motivos. Um fator importante é a previsibilidade e precisão que oferece.

Quando você pode voar IFR, você está equipado com um plano arquivado que o mantém em uma rota definida através do espaço aéreo controlado, reduzindo as chances de encontros inesperados com outras aeronaves.

Você também depende menos da necessidade de condições climáticas ideais, o que torna o IFR uma opção atraente quando o voo VFR pode não ser viável.

A sensação de segurança e a orientação estrutural que o IFR fornece é o que muitos pilotos apreciam.

Instrumentos da cabine de uma aeronave comercial

Remover

Compreender as distinções entre IFR e VFR é definitivamente importante. O voo VFR permite aproveitar todas as vantagens de voar visualmente, o IFR dota você de estrutura e segurança em baixa visibilidade.

A escolha entre IFR e VFR depende de ter o equipamento necessário em sua aeronave e dos motivos do seu voo. Ambos têm seu lugar na aviação.

Lembre-se, em última análise, que voar tem a ver com a alegria da viagem, além de manter a segurança e desenvolver suas habilidades e conhecimentos.

Voe seguro!

Quer saber mais sobre vôos VFR e IFR?

Para mais notícias, vídeos e guias sobre aviação:

Você achou este artigo útil?

Você acha que perdemos algo importante? Deixe-nos saber nos comentários abaixo!

ASA O Manual do Piloto: Voo por Instrumentos

Para o aspirante a piloto IFR: Instrument Flying Eighth Edition tem tudo o que você precisa saber para passar nos exames FAA e no check-ride IFR e dominar os voos IFR.

Ver produto

EducationIfr

Deixe um comentário

Todos os comentários são moderados antes de serem publicados.

Produtos em destaque

ASA Instrument Procedures Handbook New Version FAA-H-8083-16B
ASA
Manual de procedimentos do instrumento ASA Nova versão FAA-H-8083-16B
Preço promocional$23.99 USD Preço normal$29.95 USD
Em estoque
FAA Instrument Flying Handbook FAA-H-8083-15B
Skyhorse Publishing
Manual de vôo por instrumentos FAA FAA-H-8083-15B
Preço promocional$18.99 USD Preço normal$19.99 USD
Em estoque
Gleim 2024 Instrument Pilot FAA Knowledge Test
Gleim
🔥 Hurry Only 2 left!
Teste de Conhecimento FAA do Piloto de Instrumento Gleim 2024
Preço promocional$39.99 USD Preço normal$44.95 USD
Em estoque

Últimas postagens do blog

Ver tudo
Why the Bose A20 is the #1 Selling Aviation Headset

Por que o Bose A20 é o fone de ouvido de aviação mais vendido

Headsets

O fone de ouvido de aviação Bose A20 conquistou uma ampla base de fãs entre os pilotos por sua incrível qualidade de som e design durável. Apesar de opções mais recentes estarem disponíveis no mercado, como o Bose A30 , o fone de ouvido A20 mantém sua popularidade na comunidade da aviação.

Nesta revisão, exploraremos os fatores que contribuem para seu apelo duradouro e por que ele continua a ser a melhor escolha para pilotos de todos os níveis de habilidade.

Flying in Thunderstorms (What to Do & What Not to Do)

Voando em tempestades (o que fazer e o que não fazer)

Visualmente deslumbrantes e cheias de poder mortal, as tempestades são um dos fenômenos climáticos mais fascinantes e perigosos que você provavelmente encontrará como piloto. Estima-se que 40.000 tempestades surjam diariamente em todo o mundo, então suas chances de ter que lidar com uma são razoavelmente altas.

How to Acquire a Helicopter License (Step by Step)

Como adquirir uma licença de helicóptero (passo a passo)

Education

Então, você quer obter uma licença de helicóptero, mas não tem certeza de como fazê-lo? Talvez você tenha uma licença de asa fixa e queira se dedicar ao rotor, ou esteja apenas começando e esteja interessado em eventualmente seguir a carreira de piloto de helicóptero. De qualquer forma, nós ajudamos você. Hoje iremos orientá-lo no processo e no que esperar ao adquirir uma licença de helicóptero.